Três soluções personalizadas em TI para redução de riscos com a LGPD

A chegada da Lei Geral de Proteção de Dados (lei federal 13.709/2018) já está mudando a forma como as empresas lidam com os dados que lhe são confiados. A partir da norma, a privacidade e a segurança das informações são encaradas como um assunto sério. Assim, as companhias que tratam e recolhem dados estão se movimentando em busca da redução de riscos, para não ter problemas legais.

Nesse caminho de adaptação, a tecnologia pode ser uma mão amiga para ajudar as empresas. Afinal, o problema não é possuir dados – e sim utiliza-los de forma incorreta. Algumas soluções de TI encurtam o caminho até a adaptação à LGPD. Continue lendo o artigo para entender como elas podem auxiliar sua empresa.
 

O cenário ideal


Com as adaptações feitas, a companhia passa a operar no cenário ideal. E essa não é uma realidade impossível ou improvável. Basta seguir alguns passos, redirecionar investimentos e repensar políticas de gerenciamento de dados.

Nesse caminho, a TI pode encurtar processos. Conheça, a seguir, três soluções de TI para a redução de riscos em relação à LGPD. E, o melhor de tudo: na XTRATEGUS, elas podem ser personalizadas para as necessidades de seu negócio.
 

Proteção de Informações

Dados pessoais sensíveis devem ser anonimizados. Como a LGPD protege dados que identifiquem pessoas, a anonimização dá a segurança de que seu banco de informações causará o mínimo de prejuízos em casos de vazamento. Além disso, a norma afirma que, para pesquisas ou criação de relatórios, as informações precisam estar reunidas de forma que seja impossível identificar pessoas a quem os dados pertencem.


Já a criptografia busca a prevenção de vazamentos. Como resultado, caso haja interceptação de uma base de dados por um invasor, o mesmo dificilmente poderá decifrar os códigos do programa e ter acesso à informação. Agindo das formas explicitadas, afasta-se os perigos de transgredir a lei.

Criptografar os documentos e manter as informações de proteção dos mesmos no próprio documento, evita que ao retirar de dentro da empresa um documento, o mesmo perca a proteção, ou seja, a proteção sempre vai com o documento e mais do que isso, permite que o acesso ao mesmo seja monitorado, mesmo em caso de tentativa de acesso não autorizado.
 

Back-ups controlados e seguros


Colocar informações em pen-drives não é executar backups. E têm-se o costume de acreditar que backups só funcionam para empresas de grande porte ou que lidam com uma grande quantidade de informação. Todavia, essa é uma ideia errônea.

Desde pequenas clínicas a uma loja de roupas, todos devem investir em tecnologia para garantir que os dados que lhe são cedidos em confiança estejam devidamente protegidos. Por isso, é importante contratar uma empresa que ofereça soluções de backups monitoradas constantemente e personalizáveis ao tamanho de sua empresa.

Assim, é possível ter conhecimento exato de até onde vão os dados – e poder prever ainda mais riscos, eliminando-os.
 

Controle de Wi-Fi


O Wi-Fi, em espaços de grande circulação, precisa ser monitorado. É através de redes sem fio que muitos invasores geram danos aos usuários que se conectam nelas. Também é importante considerar a possibilidade de um hacker acessar a rede sem fio de sua empresa e realizar atividades ilícitas utilizando-se de sua conexão.

Considerando esses fatores, é de suma importância que se busque controlar o acesso às redes, não apenas a partir de senhas, mas com dispositivos que verifiquem atividades suspeitas e façam varreduras constantes.
 

Personalização é a chave

Por último, cabe lembrar que as empresas são únicas. Cada unidade merece tratamento diferenciado, especializado e adaptado às suas necessidades.

XTRATEGUS trabalha com soluções para todos os tipos e tamanhos de companhias. Conheça melhor nossos serviços.

E, se você tem interesse no assunto de LGPD, preparamos para você um e-book com ferramentas para fazer a transformação correta da governança de dados. Acesse aqui.


Xtrategus, 12.AGOSTO.2019 | Postado em Artigos


  • 1
Exibindo 1 de 1